Tirando os projetos do papel

Já estamos passando da metade ano. No começo de todo o ano começamos motivados e com uma lista enorme de coisas que queremos realizar. São as famosas listas de metas e objetivos. E isso é bom, não é? Mas o problema é que muitas vezes os projetos não saem do papel. Somos campeões em sonhar, mas perdedores em realizar. Mas a boa notícia e que ainda há chance de recuperar o tempo perdido e cumprir suas metas de 2015.

tony ademo_tirando os projetos do papel

Acredito que muita gente conheça a famosa frase de Walt Disney que diz: “Se podemos sonhar, também podemos tornar nossos sonhos realidade”. Mas, se você só sonhar, isso não quer dizer que tornará realidade. É preciso estratégia e mais que isso: ação.

Para tirar nossos sonhos da gaveta é necessário um combinado de atitudes e comportamentos. Aprendi isso fracassando em realizar minhas metas e objetivos e também conversando e acompanhado o caso de muita gente que conseguiu e não conseguiu realizar aquilo que queria. Quero compartilhar com você alguns passos que podem auxiliar você neste restante de 2015.

1 – Passe pelo filtro S.M.A.R.T

Toda meta ou sonho deve passar por esse processo. É bem simples. Você precisar checar se o que deseja realizar é:

  • Specific (Específico) – Não adianta dizer que você quer ser uma pessoa melhor ou que quer emagrecer. Você precisar saber exatamente o que deseja. Por exemplo: Quero emagrecer 20 quilos ou quero ganhar R$ 5 mil reais por mês. Quanto mais especifico mais chances de realizar.
  • Mensurable (Mensurável) – Você deve conseguir medir o seu progresso. No caso de perder peso, você consegue saber quanto está perdendo por semana ou mês. As metas precisam ter essa mensuração, para saber onde você está agora e como está a evolução.
  • Attainable (Atingível) – Você deve ser realista em relação ao sonho. Não adianta desejar perder 20 quilos em 1 mês. É impossível fazer isso de forma saudável e que se mantenha. Seja sincero com você. Mas também não deixe que a realidade mate seus sonhos. É preciso equilíbrio na hora de analisar se é realista ou não.
  • Relevant (Relevante) – A meta é mais fácil de ser atingida quando está alinhada com seu propósito e com aquilo que você faz bem. Procure metas que são desafiadores e que possam fazer a diferença na sua vida e na vida de outras pessoas.
  • Timely (Tempo Definido) – Indo direto ao ponto. Quando começa e quando termina? Se você não tem esta definição, tudo fica muito vago. E aqui também quanto mais específico melhor.

2 – Disciplina

Passar pelo filtro irá ajudar muito, mas se você não tiver disciplina tudo ira por água abaixo. E porque é tão difícil ter disciplina? Porque as metas ficam muito grandes e por vezes temos a sensação de que não há progresso. Então divida suas metas em pequenas partes e mantenha o foco. Escreva em um cartaz ou em pequenos cartões e fixe em locais que você passe sempre. Isso lhe ajuda a manter em mente seu objetivo.

3 – Tenha um companheiro de jornada

A chance de realizar é muito maior quando você compartilha seus sonhos com alguém. E é ainda melhor quando alguém lhe auxilia na busca. Encontre uma pessoa que pode ser amigo, familiar ou colega e peça seu apoio.

4 – Comemore seu progresso

Celebre! Mesmo que a evolução for pequena. Crie pequenas metas e quando atingir promova uma recompensa. Por exemplo: Se conseguir aumentar minhas vendas em 20% irei jantar em um restaurante bacana. Isso faz com que cumprir as metas seja prazeroso.

O restante do ano está ai. Espero que você possa realizar tudo aquilo que deseja. Faça acontecer! É hora de tirar seus projetos do papel.

Ps: Esse artigo foi apresentado em forma de comentário no programa espaço empreendedor da Rádio Independente com apresentação de Rogério Wink. Ouça no link abaixo o programa completo:

www.independente.com.br/e-commerce-substitui-a-ida-a-feira