A luta com o efeito sanfona

Se você já sofreu com o efeito sanfona sabe do que estou falando. Você perde peso e depois de algum tempo ele volta. Nos últimos anos esta tem sido a tônica da minha vida. Em 2012 cheguei a pesar 97 quilos e estava com a saúde apresentando sinais de alerta. Também pudera, era um sedentário de carteirinha. Para se ter uma ideia, até para ir na padaria da esquina usava meu carro. Resolvi fazer algo e comecei a caminhar.

Weighing In

Logo a caminhada virou corrida leve, depois uma corrida moderada, até que completei meus primeiros 5Km. Nesse processo consegui perder 10 quilos. Porém, depois de alguns meses comecei a viajar muito e os exercícios ficaram de lado. Nas tentativas de voltar a correr me lesionei e alguns dos quilos retornaram.

Na metade do ano de 2014 consegui “curar” a lesão e voltei a correr. Junto comecei a cuidar da alimentação e coloquei como meta correr 10Km. Em poucos meses consegui correr essa distância e como resultado veio a nova meta de completar uma meia maratona (21KM). Treinei muito, controlei a boca e consegui meu objetivo. Completei minha primeira meia em 1h42min. E não só isso, emagreci quase 20 quilos. No final de 2015 estava com meu melhor peso e na auge da minha forma física. Foi então que tive um desmaio e precisei ficar parado por quase 30 dias até descobrir o motivo. Depois de uma bateria de exames, nada foi encontrado. Mas a parada forçada fez o condicionamento ir para o brejo. Depois disso não consegui correr com a mesma regularidade e vontade.

Em Junho deste ano me mudei para os EUA. No começo até corri com certa frequencia, mas como comecei o processo de escrita do meu primeiro livro, a constância se foi. Isso sem falar da comida nos EUA que é um convite a meter o pé na jaca. Foram muitos hambúrgueres, pizzas e comidas nada saudáveis. Quando voltei para o lançamento do livro no Brasil a situação piorou. Quase todas as noites com eventos e em todos os lugares boa comida. O produto de tudo isso: efeito sanfona novamente. Quando resolvi encarar a realidade, e me pesar, o resultado foi assustador. Havia ganho 14 quilos.

Mesmo diante da desanimadora situação, sabia que precisava fazer algo. A primeira coisa foi voltar a corrida. No começo foi “sofrência” pura. Mas depois de pouco mais de 30 dias de exercício já consegui correr 10KM, muito devagar é claro. Depois resolvi dar um jeito na alimentação. Cortei as frituras, aboli meu vício em refrigerante e comecei a contar com a super ajuda da Herbalife na complementação da nutrição. Sou honesto em dizer que não acreditava nesse negócio de shake, eu gosto mesmo de comida. Mas fiquei surpreso de como é bom o shake e como alimenta. Comecei a tomar o shake no café da manhã (sempre pulei esta refeição) e tomo no jantar. Agradeço de coração a parceria da Herbalife, em especial ao Henrique e a Ju. Tem me ajudado muito a manter uma alimentação bem equilibrada. Se quiser saber mais sobre os produtos acesse este link: Conheça os produtos

herbalife

Agora as coisas estão começando a entrar nos eixos. Com a combinação de alimentação mais equilibrada, shake da Herbalife e exercício consegui eliminar 3 quilos em 20 dias. Estou muito mais disposto e feliz 🙂

Aprendo algo com todo esse processo. Estar no peso ideal preciso estar relacionado com uma mudança de estilo de vida e nunca por dieta ou processos de perda de peso rápido. Se você quer perder todos os quilos de uma só vez, pode até conseguir, mas o efeito sanfona pode te pegar. Outro ponto é que não dá para abrir brecha e parar com o exercício e parar de manter uma boa alimentação. Sou dos que acreditam que de vez em quando pode meter o pé no jaca, mas o perigo é não querer tirar o pé de lá. Além do mais, é preciso disciplina para ter uma vida mais saudável de forma contínua. A boa notícia é que é possível. Por isso te convido a juntos caminharmos nesse rumo: de uma vida saudável e contínua.