Como encarar a segunda-feira?

Depois de dois dias de folga, chega a segunda-feira, que mais parece um monstro pronto para nós atacar. Segundo o especialista em produtividade Christian Barbosa. “A segunda-feira é o dia com menor índice de execução de tarefa e maior índice de adiamento”. Normalmente começamos a segunda-feira ainda na velocidade do final de semana, demoramos mais para pegar no tranco.

6787671465_b6497b50b7_b

No entanto, com um pouco de organização e força de vontade é possível tornar a segunda-feira um dia mais agradável e, principalmente, mais produtivo.

E aqui repasso algumas dicas do Cristian Barbosa para te auxiliar a encarar o início da semana:

1. Conclua as tarefas de sexta-feira

O lema “não deixe para amanhã o que se pode fazer hoje” é o que fala mais alto no planejamento semanal. Sempre que possível, evite deixar atividades por terminar na sexta-feira. Se for inevitável, distribua o restante da atividade nos três primeiros dias da semana.

2. Esqueça as reuniões no começo da semana 

O ideal, segundo o especialista é marcar as reuniões de planejamento nas quartas, quintas e sextas-feiras. “Nós já estamos em um ritmo mais lento no começo da semana, reuniões acabam tomando muito tempo e sobra pouco para a organização das tarefas pessoais”, diz.

3. Evite planejar excessivamente a sua segunda-feira

Por incrível que pareça, o especialista Christian Barbosa sugere que apenas três ou quatro horas do dia sejam dedicadas a atividades previamente marcadas. “Você precisará de mais tempo para a organização da semana, portanto, evite encher a segunda de compromissos.”

4. Tome notas

Outro conselho é utilizar ao menos um organizador prático como o Outlook, uma planilha de atividades ou até mesmo um bloco de notas. Não podemos confiar só na memória, caso contrário perdemos a concentração nas atividades a todo momento, com a voz interna lembrando de tudo que temos a fazer.

Apesar de todas as reclamações quanto às segundas-feiras, o início de uma nova semana deve ser sempre lembrado como uma nova oportunidade de realizar seus projetos. “É claro que ninguém fica feliz quando acaba o descanso, mas quando se faz o que se gosta, uma segunda-feira deixa de ser um martírio e vira uma oportunidade.”