Bugs de apresentação

Existem vários erros que podemos cometer quando fazemos uma apresentação. Eu já cometi inúmeros. Ao invés de erros, prefiro chamar de bugs de apresentação. Hoje quero apresentar os 5 principais ou os que podem prejudicar mais uma apresentação.  É como aquela tela azul que teimava em aparecer quando seu computador tinha algum problema no Windows, ou seja, o computador continua ligado, mas não funciona. O mesmo é com sua apresentação, se estes bugs aparecessem, você ainda tem a apresentação, mas não vai funcionar direito. Vamos a eles:

tela azul

1 – Falta de objetivo claro.

Já dizia o velho ditado: se não sabe para onde vai, qualquer caminho serve. Se você não sabe o que quer com a sua apresentação, nenhum resultado será bom. Tenha claro o que quer que as pessoas façam depois da sua fala. Quantas vezes você assistiu uma apresentação, e no final perguntou ao colega ao lado: Qual era o assunto mesmo? Muito ruim não?!

2 – Falta de beneficio para a plateia

A apresentação não funciona quando não fica claro qual o benefício para o público. De que forma a informação que você vai passar ajuda ou beneficia sua plateia. Se não tiver esse elemento as pessoas podem até gostar, mas no final irão dizer: E dai? O que tenho a ver com isso?

3 – Não há sequência definida

É muito difícil acompanhar algo sem lógica. Uma apresentação sem uma sequência adequada é cansativa e ruim de entender. A plateia precisa de muito esforço para tentar seguir seu raciocínio. É o que eu chamo de apresentação Frankenstein, você não sabe muito bem o que é e fica feia demais. Caso você não saiba que sequência seguir, invista no tradicional fluxo numérico. Exemplo: “Três coisas que você precisa saber sobre meu produto” ou “Cinco problemas que a crise apresenta”.

4 – Detalhada demais

Muitos apresentadores na ânsia de fazer uma apresentação boa exageram nos detalhes técnicos, números e dados irrelevantes. As pessoas tem dificuldade em prestar atenção em coisas muito detalhadas. Coloque somente o necessário e evite jargões ou termos que a plateia possa não compreender. Se você precisa colocar dados ou informações técnicas, insira um resumo e envie as informações por e-mail ou imprima e entregue no final da apresentação.

5 – Longa demais

O conceito do que é uma apresentação longa é subjetivo. Mas você, com certeza, já esteve em um desses momentos. É muito desagradável. O tempo não passa e é entediante. Novamente, pense na sua plateia e coloque aquilo que realmente é importante. Tire as firulas.

Se você conseguir evitar estes bugs, tenho certeza que sua próxima apresentação será bem melhor e mais atrativa.